Benfica faz história na Europa!
Águias garantem o apuramento para a Basketball Champions League
Sep 26, 2022
Hoopers

O conjunto orientado por Norberto Alves superou bem a derrota na Supertaça frente ao Sporting e de seguida venceu todos os jogos (3) de apuramento para a fase regular da Basketball Champions League- 3° nível do basquetebol europeu, seguido de Euroliga (1°) e EuroCup (2°).

As competições referidas anteriormente são apenas acessíveis por convite, ou seja, o Benfica está no patamar mais elevado a nível europeu e na competição mais importante da FIBA. 

Os encarnados são a primeira equipa portuguesa da história a participar na competição. Impressionante!O Benfica começou esta caminhada na quarta-feira, onde venceu com alguma facilidade os kosovares do Golden Eagle Ylli, por 67-92. Contudo, o início foi algo atribulado com Ivan Almeida a entrar em foul trouble desde muito cedo (3 faltas no primeiro período) e o jogo foi para o intervalo com os portugueses a perderem.

Os destaques foram para o base internacional português José Barbosa (15 pontos, 2 ressaltos e 2 assistências, 1 roubo de bola) e para o poste recém contratado, Terrel Carter II (15 pontos, 5 ressaltos, 1 roubo de bola e 2 desarmes de lançamento). O adversário foi vítima de uma rotação bastante curta e do cansaço acumulado decorrente das limitações do banco. Contudo, o jogador mais inconformado foi Muhammed Bashir Ahmed, com 27 pontos, 4 ressaltos, 3 assistências e 1 assistência.

De seguida, seguiu-se o embate de sexta-feira, onde o clube de Lisboa enfrentou os cipriotas do Keravnos.O campeão nacional venceu o campeão do Chipre por 65-73, num jogo difícil de desbloquear e que acabou por ser decidido no quarto e último período. Ivan Almeida foi o protagonista ao registar 20 pontos, 7 ressaltos e 5 assistências e ajudar os encarnados a conseguir a vitória. O capitão, Tomás Barroso, contribuiu com 9 pontos (¾ 3P). O internacional cipriota, Nikos Stylianou, foi o melhor jogador da equipa derrotada com 18 pontos, 2 ressaltos e 2 assistências.

Por fim, o Benfica atingiu a final da fase de qualificação da BCL e o adversário a enfrentar foi o prestigiado emblema alemão, Bamberg, equipa favorita a garantir o apuramento. O Pavilhão Fidelidade acolheu uma das quatro fases de qualificação para a fase regular da FIBA. A vantagem de jogar em casa (home court advantage) foi notória e o Pavilhão esteve ao rubro e a massa associativa juntamente com uma das melhores exibições de sempre numa competição FIBA protagonizada por Ivan Almeida, ajudou o Benfica vencer o jogo (87-73) e a garantir uma qualificação histórica.

O extremo internacional cabo-verdiano registou 39 pontos (9/13 3P), 8 ressaltos, 1 assistência, 2 roubos de bola e 1 desarme de lançamento (41 EFF).

Também muito influentes no jogo estiveram os bases Toney Douglas (10 pontos, 3 ressaltos, 8 assistências e 1 roubo de bola) e Aaron Broussard (8 pontos, 7 ressaltos e 2 assistências). Do outro lado, é impossível não destacar o número 3, Justin Wright-Foreman, que contribuiu com 25 pontos, 5 ressaltos e 6 assistências. Os encarnados vão integrar o Grupo F, onde irão coabitar com: o BAXI Manresa (vice-campeão da prova e 7° lugar da ACB*), o VEF Riga (campeão da Letónia*) e o Limoges CSP (4° lugar da Liga Francesa*).

***dados relativos à época passada (2021/2022)

Neste fim de semana, Unicaja, Tofas e Bakken Bears também garantiram o apuramento e irão disputar a BCL na época 2022/2023. A competição começa já para a semana e o Benfica desloca-se ao estrangeiro, mais precisamente, para a Letônia para defrontar a equipa da capital, o VEF Riga, no dia 4 de outubro, pelas 17h00.

Redação: Hoopers

Entrevista por: Martim Figueiredo

go back